Agora todos os usuários do Twitter têm acesso à sua ferramenta de métricas, o Twitter Analytics. Acessando analytics.twitter.com, você confere um dashboard simples, que apresenta métricas de impressões, engajamento e taxa de participação, além dos gráficos com histórico de engajamentos, cliques em Links, retweets, curtidas e respostas. Os dados valem para o período retroativo de 28 dias, e podem ser exportados em csv. A plataforma é dividida em três níveis de análise: por atividade dos tweets, evolução da base (seguidores) e dados sobre aplicativos (cartões do Twitter).

Como usar o Twitter Analytics

Twitter Analytics/ Atividades de Tweets:

O dashboard com dados dos tweets destaca o histórico de impressões dia a dia, onde é possível visualizar de forma mais clara os picos de interação, estabelecimento de metas etc. Na tabela abaixo, é possível monitorar métricas específicas por tweet, segmentados entre alcance orgânico (Tweets + Tweets e respostas)e promovido.

  • Impressões: Número de vezes que os usuários viram o Tweet no Twitter;
  • Engajamentos: Número total de vezes que um usuário interagiu com um Tweet. Isso inclui todos os cliques em qualquer lugar no Tweet (como marcadores, links, avatar, nome de usuário e expansão do Tweet), Retweets, respostas, seguindo e favoritos.
  • Taxa de Participação: O número de engajamentos (cliques, Retweets, respostas, seguindo e favoritos) divididos pelo total de número de impressões.

Como usar o Twitter Analytics

 

Para obter dados detalhados de performance individual por tweet, basta clicar em um dos itens na tabela com os tweets em ordem cronológica. Assim é possível estudar níveis diferentes de interação dos usuários com o conteúdo. No tweet abaixo, que traz uma imagem, mesmo com 9.697 impressões, apenas 380 usuários clicaram para expandir a foto (mídia incorporada). Confira o detalhamento das métricas:

  • Impressões: Número de vezes que usuários viram o Tweet no Twitter
  • Cliques na mídia incorporada: Cliques para ver uma foto ou um vídeo no Tweet
  • Cliques no link: Clique em uma URL ou um cartão no Tweet
  • Expansões de detalhes: Número de vezes que usuários clicaram no Tweet para exibir mais detalhes
  • Retweets: Número de vezes que os usuários retweetaram o Tweet para seus seguidores
  • Curtiram: Número de vezes que os usuários marcaram o Tweet como favorito
  • Cliques em perfis de usuários: Cliques no nome, no @identificador ou na foto de perfil do autor do Tweet
  • Respostas: Número de respostas para o Tweet
  • Cliques em links permanentes: Cliques no link permanente do Tweet (somente em desktop)
  • Segue: Número de vezes que os usuários seguiram você diretamente do Tweet

 Receba lindos conteúdos por email :)

[mc4wp_form]


 

Como usar o Twitter Analytics

Na coluna à direita do dashboard, há um rápido comparativo entre as impressões do dia corrente e a média das impressões nos últimos 28 dias. Abaixo constam gráficos de histórico por ação, considerando apenas a evolução das métricas de engajamento. Veja como interpretá-las para otimizar sua estratégia:

Como usar o Twitter AnalyticsTaxa de Participação: Se você quiser saber se a audiência se interessa pelo seu conteúdo, basta olhar para esta métrica. Ela é fundamental para análise da qualidade do conteúdo, do ponto de vista da interatividade.

Cliques no Link: Olhe para estes dados com muito carinho se você busca leads no Twitter.Esta é uma métrica muito importante quando a estratégia visa levar os seguidores para uma landing page de produto, por exemplo.

Retweet: esta métrica é uma das mais perseguidas desde que a possibilidade do RT surgiu no Twitter. Responsável pela reverberação do conteúdo, ela indica um envolvimento maior com a marca/perfil.

Curtiram: o Facebook mudou a maneira como os usuários do Twitter utilizavam a funcionalidade de “favoritar”, criada com o objetivo de guardar algo, mas que se tornou uma demonstração de concordância ou feedback positivo, em relação ao conteúdo.

Respostas: importantíssima para medir a conversação e o nível de relacionamento dos usuários com o perfil/marca em questão. Figuras públicas devem dar atenção especial a esta métrica.

Twitter Analytics/ Perfil de base (seguidores):

A aba que detalha o perfil de base mostra o histórico de seguidores e detalha métricas Interesses (únicos), Interesses (principais), localização (países e cidades), sexo e outros perfis que seus seguidores também seguem. Com estas informações é possível determinar de forma clara se a base do Twitter é coerente com os públicos que a marca ou perfil quer atingir na rede.

(Meio #chatiado pois 34% dos meus followers seguem Rafinha Bastos).

Como usar o Twitter Analytics

Twitter Analytics/ Cartões do Twitter:

Na aba de Cartões é possível acompanhar todos os dados de performance do uso de aplicações orientadas à conexão com o Twitter, seja para compartilhamento de conteúdo ou para captação de dados de perfil. Como meu perfil pessoal não possui dados muito interessantes no que diz respeito ao uso de API, fico devendo um melhor detalhamento desta aba e suas funcionalidades.

Como usar o Twitter Analytics

Um novo momento para o Twitter

Após um período de queda (quando era erroneamente tido como concorrente do Facebook), o Twitter ressurge como plataforma indispensável aos objetivos de marcas que tem estratégias maduras no meio digital. O conjunto de melhorias na interface web e nos apps mobile, em conjunto com as ações envolvendo eventos de grande conversação global (vide Copa do Mundo) trouxe o Twitter de volta ao “jogo”.

Leia também: Web analytics na prática: decisões baseadas em dados

Não é a toa que no final de junho o número de número de pessoas conectadas ao microblog chegou a 271 milhões, dos quais 211 milhões acessam a rede via dispositivos móveis, representando um crescimento de 24% em relação ao primeiro trimestre de 2014. Mesmo tratando-se de uma novidade um tanto tardia (precisávamos disso em 2010), o Twitter Analytics é muito bem-vindo e vai ajudar muita gente que precisava recorrer a aplicações de terceiros.

 

Publicado originalmente no 2Read – Digital Analytics.