De acordo com relatório recente da empresa de recrutamento e seleção Mondo, os diretores digitais (chief digital offices – CDO) são os profissionais com os maiores salários no segmento de marketing digital nos EUA. Segundo o relatório recente da empresa , esses executivos tiveram aumento salarial médio de 7,5% sobre o ano passado e ganham entre US$ 156 mil e US $ 301 mil anuais. No passado, na comparação com outro levantamento da Mondo, essas faixas salariais variavam entre US$ 148 mil e US$ 280 mil.

Um dos motivos para a expansão da massa salarial é que as empresas estão sob pressão para definir suas estratégias digitais. Para tanto, têm tentado montar equipes altamente qualificadas, a começar pelas posições do topo, afirma Laura McGarrity, vice-presidente de estratégia de marketing digital da Mondo.

Os salários dos profissionais de marketing digital nos EUA_

A executiva afirma que os dados salariais obtidos pelas pesquisas da Mondo foram baseados em milhares de colocações de trabalho de marketing digitais durante o ano passado. Por outro lado, os profissionais conhecidos na indústria por muitos anos como marketing honchos (honcho é a pessoa que está no comando), tentam se reciclar e se redefinir digitalmente por meio de esforços de reestruturação das entidades patronais, diz a vice-presidente da Mondo.

Depois dos CDOs, os tecnólogos-chefes de marketing vêm em segundo lugar em remuneração, com faixa salarial de US$ 144 mil a US$ 248 mil. Os diretores de maketing ficam em terceiro lugar, na faixa de US$ 142 mil a US$ 230 mil; seguidos pelos vice-presidentes de e-commerce, com faixa entre US$ 120 mil a US$ 205 mil; e vice-presidentes de comunicação de marketing, cuja remuneração fica entre US$ 128 mil a US$ 205 mil. Todas as faixas são anuais.

Cargos em ascensão em 2015

Conforme a pesquisa da Mondo, para este ano, os cargos em ascensão incluem os vice-presidentes de marketing digital (cujos salários saltaram 10%, de US$ 135 mil para US$ 201 mil); os diretores de serviços criativos (aumento de 8%, de US$ 81 mil para US$ 185 mil); e gerentes de mídia social (aumento salarial de 7% para um intervalo de US$ 58 mil a US$ 85 mil).

O relatório da Mondo aponta também que o número de freelancers de marketing digital será igual ao número de profissionais de marketing permanentes nos próximos três a cinco anos. Outros cargos que tiveram alta incluem, ainda, os diretores de marketing digital (de US$ 100 mil anuais para US$ 187 mil anuais); diretores de e-commerce (de US$ 115 mil para US$ 173 mil); desenvolvedores de aplicativos móveis (de US$ 100 mil para US$ 150 mil); diretores de serviços criativos (de US$ 81 mil para US$ 185); diretores de arte (de US$ 68 mil para US$ 136 mil); e designers de aplicativos móveis (de US$ 81 mil para US$ 117 mil).

Leia também:

Salário dos profissionais de marketing digital no Brasil

Com informações da matéria publicada por Felicia Greiff no Advertising Age.

Contrate um consultor de marketing digital e redes sociais