Como jornalista por formação, fico muito feliz em poder ajudar os colegas comunicadores que optaram optaram por seguir carreira nas redações  com algumas técnicas de marketing digital. É o caso deste artigo. Adote essas 10 dicas de SEO para Jornalistas e conquiste ainda mais acessos para seus conteúdos publicados em mídias digitais.

Nos últimos anos, buscadores como Google, Bing e outros, dedicaram-se muito para tornar seus algoritmos de indexação de conteúdo cada vez mais completos, rápidos e inteligentes, sempre com o objetivo de oferecer resultados de qualidade quando o usuário faz uma busca por determinado assunto. Neste caminho, os buscadores foram aperfeiçoados para entender o que significa ter uma boa experiência em relação ao conteúdo.

A questão é que os veículos de imprensa e os jornalistas passaram a considerar SEO como algo importante não faz muito tempo, então é necessário que você como jornalista e/ou redator de mídia digital, passe a considerar não apenas o manual de redação do veículo, mas também as técnicas de SEO no processo de redação da notícia, para que a informação possa chegar ao maior número de pessoas.

Relambrando o conceito de SEO

SEO é a sigla para Search Engine Optimization, em tradução livre, “otimização para mecanismos de busca”, ou simplesmente otimização de sites. SEO é o conjunto de estratégias realizadas com o objetivo de potencializar e melhorar o posicionamento de um site ou conteúdo específico nas páginas de resultados do sites de busca, chamadas SERP – Search Engine Results Page.

As técnicas de Search Engine Optimization são adotadas para potencializar o alcance de um conteúdo, objetivos de aquisição de tráfego m um site, melhorando seus resultados em número e posição no ranking. Estratégias de SEO podem melhorar tanto o número de visitas quanto a qualidade dos visitantes, onde qualidade é quando os visitantes concluem a ação esperada pelo proprietário do site, como comprar, assinar, aprender algo.

10 dicas de SEO para Jornalistas

10 dicas de SEO para Jornalistas

1) Use as palavras-chave de forma estratégica

Palavras-chave não são simplesmente termos relacionados à matéria que você escreveu. São sim, termos que a audiência usa para encontrar o texto que você escreveu. Como no texto jornalístico há um regramento estabelecido no manual de redação de cada veículo, é importante encontrar um caminho para que o texto jornalístico seja escrito de acordo com o manual de redação, mas que também faça uso das expressões usadas pela audiência quando busca pelo assunto.  A densidade de palavras-chave, ou seja, o número de vezes que o termo é citado, já foi importante para SEO, mas hoje não é mais. O mais importante é Tentar cobrir todos os vários termos e expressões que as pessoas podem usar ao procurar por um tema ou evento específico que você está cobrindo, em vez de apenas repetí-lo várias vezes.

2) Evite o jargão (nada de novo)

A maneira mais eficaz de cobrir o maior número de palavras-chave possível, sem exagerar as coisas, é, evitando linguagem complicada e jargões. Mais uma vez, o redator deve considerar os termosque seu público-alvo está digitando no Google e usar essas frases específicas. Isso inclui o uso nomes completos das pessoas e soletrando abreviaturas na íntegra, pelo menos, uma ou duas vezes, como o uso de ambos “SEO para Jornalistas” e “Search Engine Optimization para Jornalistas”.

3) Incluir palavras-chave em manchetes

A maneira mais eficaz para otimizar manchetes para buscadores é pensar em um título intrigante que inclui uma ou duas palavras-chave específicas. Não use algo vago ou inexplicável, não importa o quão engraçado ou inteligente que poderia ser. Algumas pessoas acreditam SEO impede jornalistas de usar trocadilhos, visto que o foco está nas palavras-chave, mas não há nenhuma razão pela qual sites de notícias não possam combinar manchetes criativas com as palavras-chave que melhor representam o assunto ou a notícia em si.

4) Analise a estrutura da notícia

Tanto jornalistas experientes quanto os mais iniciantes na redação já conhecem a estrutura de pirâmide invertida e como priorizar as informações em uma notícia, começando com o lead (ou lide) “o quê, quem, quando, onde, como e porquê” na introdução da matéria. Isto é crucial quando se escreve buscando uma melhor indexação nos mecanismos de busca, mas você não pode esquecer que está escrevendo para robôs e também para humanos, então é muito importante criar estratégias para que o leitor continue até o final do texto.

5) Organize o seu conteúdo por categorias

Outra maneira de fazer com que os Search Engines consigam identificar sobre o que se trata seu conteúdo, é classificando-o em uma categoria adequada e utilizando tags relevantes. Isso fica fácil quando se está trabalhando com conteúdo relacionado a uma editoria de jornal impresso, mas em alguns casos pode ser bastante desafiador. Por exemplo, se você está prestes a publicar uma matéria sobre a eleições, categoria será a mesma da editoria “Política”, e as tags podem trazer os nomes dos políticos citados, assim como seus partidos. Se você já faz isso, ótimo!

6) Considere aspectos técnicos

Exitem várias métricas e aspectos técnicos de experiência do usuário que também podem afetar o ranking de resultados dos mecanismos de busca. Algumas das coisas mais importantes a fazer incluem a formatação de artigos, otimizando imagens e fotos, escrevendo Meta descrições originais e títulos da página, e certificando-se o seu site é fácil de usar, navegar e compreender (em breve vou escrever artigos específicos sobre meta-tags, heading tags e otimização de imagens jornalistas).

7) Personalize títulos de página e URLs

A maioria dos sites de notícias usa de forma automática a manchete da matéria como tag title (o texto que aparece na aba do seu navegador) e o mesmo vale para a URL, que na maioria das vezes é gerada automaticamente. No entanto, é importante considerar o uso das palavras-chave em seu grau de importância, considerando que o buscador vai sempre avaliar o contexto entre título, url e descrição (ou resumo) da matéria e considerar os termos pelos quais a audiência está buscando.

8) Valorizar links internos e externos

Os motores de busca consideram links como votos de confiança entre sites e também entre páginas (ou matérias) de um mesmo site. Logo matérias que recebem um grande número de acessos, vão emprestar sua autoridade para outras matérias para as quais ela tem link. Se formos pensar a redação como um todo, é importante definir uma política de links internos (dentro do portal) e externos (entre o portal e outros sites que não são concorrentes). Embora a grande maioria dos veículos de imprensa não use links externos, é importante considerar que quanto mais links de outros sites você receber, mais autoridade vai ter perante os buscadores.

9) Otimize o texto âncora

O texto âncora, ou anchor text, é o texto clicável que os usuários vêem como hyperlink e podem clicar para acessar o conteúdo de outra página. O texto âncora é considerado como relevante para os algoritmos dos motores de busca, pois já contextualiza os usuários a respeito do que encontrarão na página de destino. Por isso é importante utilizar palavras-chave objetivas. Mais uma vez, pense nas palavras-chave pelas quais o público busca e, quando for criar um link, use o texto âncora de forma relacionada a elas. Evite palavras genéricas como “clique aqui” ou “leia mais”, assim como textos âncora muito longos.

10) Nunca duplique conteúdo (atenção com press release)

Conteúdo duplicado é um problema quando se trata de SEO, então é importante estabelecer um critério para citação de outras matérias de um mesmo portal. Além disso, o jornalista deve dar atenção especial à divulgação de press release, visto que este conteúdo provavelmente será enviado para vários portais e ainda pode ser publicado no site institucional da empresa emissora, então você nunca deve publicá-los palavra por palavra. Isso em função de que o buscador pode aferir a autoridade do conteúdo à empresa emissora e punir os demais sites que publicaram as cópias do conteúdo.

SEO para Jornalistas: Conclusão

Se você escreve conteúdo para mídias digitais, deve considerar SEO como parte crucial do processo. Quanto mais cedo você passar a considerar e aplicar essas técnicas no seu processo de redação jornalística, maior será a chance do seu conteúdo será facilmente encontrado pelas pessoas e, consequentemente, repercutirá mais que os conteúdos dos concorrentes.

Ficou com alguma dúvida?

Se você tem alguma dúvida sobre SEO, deixe um comentário que eu respondo em breve!

 

Leia também:

SEO para jornalistas: Entenda os principais conceitos